Bom dia pessoal.

O título desta semana sempre me chamou a atenção, ainda mais nestes últimos anos. Sou administrador e contador por formação mas por coração, paixão e entusiasta sou sim publicitário.

Tenho a grande satisfação de ter tito uma ótima professora nos últimos 15 anos na vida publicitária de nossa empresa e espero que por muitos anos continue aprendendo muito com minha amada esposa a Loli. Ela sim formada e pós formada na área onde com sua expertise e paciência vem me mostrando e ensinando essa linda profissão frente a suas nuances, problemas, futuro e claro maravilhas.

Com essa bagagem me arrisco a dizer que quem tem como lema que as mídias sociais serão a salvação de seu negócio infelizmente está erroneamente enganado e colocando sua empresa ou negócio em maus lençóis.

Tenho vários ditados e frases já conhecidas por todos, algumas hilariantes e outras nem tanto, mas as levo em minha vida como ensinamento; existe uma que cabe muito bem aqui e que garanto que todos já a ouviram, esta: por acaso é correto colocar todos os ovos em uma só cesta?

Um engano de alguns empresários é justamente a afirmação que as Mídias Sociais salvarão seus empreendimentos, dispensando assim toda sua força laboral e preciosos recursos financeiros somente neste canal, esquecendo dos demais.

Agindo assim começou o desespero e estão a um passo do precipício empresarial.

Para ser claro, direto e de fácil entendimento de quanto esta atitude e pensamento estão errados, vou só fazer duas analogias para demonstrar o que penso e o porque esta visão é enganosa:

1 – Você já dirigiu algum carro? Sim? Então me responda é possível andar, parar ou dar ré somente com a quarta marcha?

2 – O que sua empresa faz? O que você vende? Atende 10.000 pessoas por mês ou só 100? Dependendo você é obrigado a saber de cor o nome do seu cliente bem como suas preferências, para assim abraçá-lo e cumprimentá-lo a todo instante e para isso suas Mídias Sociais não são a salvação, são complemento.

Portanto, as Mídias Sociais não salvarão nenhuma empresa, é apenas mais um canal de comunicar onde pode se vender e apresentar as empresas e deverá sempre ser uma das partes integrantes nas estratégias gerais de marketing e publicidade de qualquer empresa.

Um grande abraço

Luciano Betto

Agência Olé

  • Olé Comunicação



Olá, tudo bem?

A Agência Olé diariamente trabalha pelo seu crescimento comercial e social, bem como o crescimento de todos os seus clientes, colaboradores e fornecedores.

Nossa vida empresarial e social cresce com novos desafios e caminhos, este ano está entrando em vigor a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) onde todos nós que produzimos conteúdo, material e obras publicitárias e trabalhamos com Dados teremos que os respeitar, já antes fazíamos, agora será Lei.

Já é de praxe em nosso trabalho diário o respeito aos Direitos Autorais e agora levaremos muito mais a sério está proteção. Durante o ano implantaremos novas rotinas e procedimentos internos para que nosso controle sobre os dados seja total, resguardando assim nossos interesses e os de vocês também.

Estamos desde já trabalhando nisso, reformulando nosso programa interno de controle de trabalho, nosso manual de boas práticas e tudo o mais que se fará necessário, feito e comandados por agentes especializados no tema. Havendo interesse por parte de vocês teremos o maior prazer em apresentar o que estamos fazendo bem como ajudá-los nisso, visto que será necessário esta adequação a todos, inclusive de vocês.

Como pontapé inicial aproveito este meio para comunicar a todos o seguinte:

A Agência Olé busca sempre respeitar os Direitos Autoriais. Possuímos bancos de imagens, vídeos e sons devidamente pagos para nossa, e somente nossa, utilização no atendimento a nossos clientes. Todas as imagens, vídeos e sons enviadas à Agência Olé, por parte de nossos clientes e fornecedores, para que haja a produção de material, deve ter os Direitos Autorais devidamente resguardados e respeitados, e que, pelo ato do envio exclui a Agência Olé de tais responsabilidades. Todo material produzido pela Olé é destinado e exclusivo ao seu fim proposto. Qualquer alteração, modificação ou utilização diferente do que foi concebido, executado por outros, tendo a sua utilização total ou parcial, exclui nossa responsabilidade perante a terceiros pelos Direitos Autorais e nos permite cobrar nossos Direitos Autorais da obra criada pela Agência Olé.

Então, seguimos sempre em frente, fortes e alegres com novos desafios.

Um enorme braço, Luciano Betto

Movie Cars Entertainment homenageia sagacidade da banda que não tinha medo de ser feliz


Atenção, Creuzebek! Ao toque de quatro já vai: já, já, já, já vai!


Quem nunca teve o sonho de entrar em uma Brasília Amarela com roda Gaúcha? Ou então, quem nunca quis ir ao chopi centis levar a namorada e dar uns rolezinho? Ou talvez ter money, que é good e nóis num have?


Isso mesmo: é pela alegria e simplicidade de momentos únicos que o Movie Cars presta uma homenagem à trajetória de cinco rapazes que transformaram de vez (e forevis) a música brasileira.


Em 23 de junho de 1995 chegava às lojas o primeiro e único disco da banda que levava a risada muito a sério: senhoras e senhores, Mamonas Assassinas!


Mamonas, uma revolução em tão pouco tempo

O grupo de sucesso astronômico no Brasil e no mundo, durante cerca de um ano e meio, foi contra todas as regras do ser politicamente correto e da boa vizinhança. Transcendendo o tempo através da música, os cinco meninos de Guarulhos sabiam bem como alcançar a originalidade de forma totalmente beautifuuul.


E assim como astros e cometas, que possuem uma passagem estrelar pela Terra, os Mamonas Assassinas trilharam o próprio brilho até o dia 2 de março de 1996, onde os músicos foram vítimas de um acidente aéreo na região da Serra da Cantareira (SP).


Uma data símbolo a nós brasileiros, que acompanharam a rápida ascensão, sobre o incomparável grupo Mamonas Assassinas.


A Brasília Amarela do Movie Cars tá de portas abertas!

Como atrativo exclusivo em que o público pode se relacionar diretamente com o único clipe da banda, “Pelados em Santos”, lançado em 1995, o Movie Cars Entertainment traz uma réplica idêntica do veículo mais famoso do mundo. A Volkswagen Brasília, de cor amarela, equipada com rodas da marca Gaúcha não tinha medo de ser o que ela realmente era: escrachada! E o Movie Cars não teve medo de ousar, assim como a banda, na autenticidade dos detalhes e da história deste carro.


Segundo Jorge Santana, primo do vocalista Dinho e gestor da marca Mamonas Assassinas, “pra gente é muito gratificante encontrar parceiros que nos ajudem a perpetuar o legado deixado pelos meninos. (...) ficamos muito felizes em poder reviver a década de 90 com tanta alegria, tendo esse mix de saudade e de lembrança”.


Quem visita o atrativo, e conhece o cenário de “Pelados em Santos”, sai de lá com a certeza de que os Mamonas Assassinas deixaram não apenas uma marca, mas, sim, a simplicidade de ser feliz.


“Obrigado, Movie Cars! Nós da Mamonas Assassinas Produções temos um lema: "Fazemos pontes e não muros". Entendemos que com a parceria vamos mais longe!”, acrescenta Jorge.


Localização do atrativo mais chuchuzinho

O Movie Cars Entertainment inaugura um novo conceito de entretenimento. Localizado no principal corredor turístico de Foz do Iguaçu, o Movie Cars apresenta mais de 40 veículos em 24 cenários que te levam a uma verdadeira imersão cinematográfica, ou seja, durante o circuito, os visitantes em todo momento se surpreendem. Para concluir em grande estilo o passeio, a loja reúne os mais diversos souvenirs e o restaurante e hamburgueria temático anos 50 proporciona uma gastronomia digna de cinema!


Site: www.moviecars.com.br

Instagram, Facebook, TikTok: @moviecarsbr

YouTube: www.youtube.com/MovieCarsTV